icon-contatoicon-facebookicon-galeriaicon-historiaicon-instagramicon-localizacaoicon-logoicon icon-nucleoicon-selecaoicon-vendas

SELEÇÃO

Na Fazenda Santa Helena, todas as matrizes em reprodução são submetidas a duas IATFs e repasse com touro, totalizando 120 dias de estação de monta. Após esse período, todas as fêmeas vazias são descartadas do rebanho.

Escolha de Touros

A decisão de quais reprodutores usar na estação é tomada em conjunto com a fazenda e a assessoria. Busca-se animais com avaliação positiva e biotipo que se encaixe no trabalho. A escolha é feita após averiguação de progênies. Além dos animais provados, são utilizados de 15% a 30% de touros jovens que participam de teste de progênie.

Acasalamento Dirigido

O acasalamento é feito para cada vaca da propriedade e além do uso do conhecimento técnico e visual, utilizamos os dados do Geneplus/Embrapa para produzir animais equilibrados em suas avaliações. Com isso, consegue-se escolher o melhor reprodutor para cada vaca, esperando uma progênie superior, tanto geneticamente quanto fenotipicamente. “O acasalamento dirigido é utilizado pela fazenda com o intuito de minimizar os erros e produzir animais diferenciados aos nossos clientes”, afirma José Roberto Silveira, da Silver Assessoria Pecuária e responsável pelo acasalamento no Nelore Marcondes.

Programa de Avaliação Genética

A Fazenda participa hoje de dois programas de avaliação genética: o Geneplus, da Embrapa e o PMGZ, da ABCZ.

Após a entrada do rebanho no Geneplus/Embrapa, a identificação e seleção dos melhores indivíduos em termos de produtividade e desempenho, ficou muito mais fácil e precisa. Com as avaliações visuais, é possível selecionar os animais com o biotipo mais desejado, buscando sempre a precocidade e funcionalidade do animal. “Seguindo corretamente as ferramentas oferecidas pelo programa, fica fácil identificar e multiplicar os animais melhoradores e eliminar os animais ineficientes”, explica Bráulio Pinto, Médico Veterinário do Geneplus/Embrapa que atende o rebanho. A fazenda tem grande preocupação na formação dos grupos de manejo, respeitando os contemporâneos, muito importante no momento das avaliações de desmama e sobreano. Com isso, a taxa de aproveitamento da produção vem evoluindo com muita consistência. Ao vender um produto bem avaliado é certo que o cliente estará comprando um animal melhorador, aumentando a quantidade de quilograma de carne por hectare e consequentemente seu lucro.